Conheça 10 hábitos que ajudam a prevenir o Diabetes

Tenha uma alimentação equilibrada

“A alimentação é um dos pilares mais importantes na prevenção do diabetes”, afirma o endocrinologista,da Associação Nacional de Assistência ao Diabético (Anad). Isso porque o excesso de peso é um fator de risco para a doença. “Ingerindo mais calorias do que se gasta, a tendência é que o ponteiro da balança suba”, explica. Por isso, elabore refeições ricas em verduras, legumes e frutas e modere no consumo de carboidratos e proteínas.Mulher comendo salada - Foto Getty Images

Afaste o sedentarismo

De acordo com o endocrinologista da Sociedade Brasileira de Diabetes, exercícios também são fundamentais para ficar longe do diabetes tipo 2. Mas fique tranquilo. Ninguém precisa fazer uma grande mudança na rotina para atender a esse quesito. “Cerca de 30 minutos de caminhada diariamente já é o bastante para afastar o risco de desenvolver a doença”, aponta o especialista. Se possível, entretanto, associe exercícios aeróbicos com atividades que exigem força muscular para queimar calorias e definir o corpo.Grupo fazendo bicicleta na academia - Foto Getty Images

Afaste o sedentarismo

De acordo com o endocrinologista da Sociedade Brasileira de Diabetes, exercícios também são fundamentais para ficar longe do diabetes tipo 2. Mas fique tranquilo. Ninguém precisa fazer uma grande mudança na rotina para atender a esse quesito. “Cerca de 30 minutos de caminhada diariamente já é o bastante para afastar o risco de desenvolver a doença”, aponta o especialista. Se possível, entretanto, associe exercícios aeróbicos com atividades que exigem força muscular para queimar calorias e definir o corpo.Família se pesando na balança - Foto Getty Images

Cuide do seu sono

A apneia do sono também é um mecanismo de resistência insulínica. Segundo o endocrinologista Balduíno, o distúrbio do sono aumenta a produção de hormônios como o cortisol, que são contrarreguladores da insulina. “Isso que dizer que eles interferem de forma negativa do balanceamento entre insulina e glicose, aumentando a concentração desta última no sangue”, explica o endocrinologista.

homem dormindo - Foto: Getty Images

Não esqueça dos check-ups

O diagnóstico do diabetes muitas vezes é feito quando médicos diversos, como ginecologistas, solicitam uma bateria de exames. Mas ao invés de depender desses especialistas, que tal definir uma data para realizar seus check-ups médicos anualmente? “Dentre os exames solicitados costuma aparecer o de glicemia de jejum e, caso haja suspeita de diabetes, um teste de hemoglobina glicada”, explica o endocrinologista. O primeiro indica as taxas de açúcar no sangue no momento do exame. O segundo, esses mesmos índices nos últimos 90 dias.Consulta médica - Foto Getty Images

 

VENHA REALIZAR UM CHECK UP COMPLETO NA CELLULA MATER,CONFIRA OS EXAMES.

Controle o estresse e a pressão arterial

O estresse aumenta a produção de hormônios contrarreguladores da insulina, assim como os distúrbios do sono. “Além disso, o estresse crônico é um fator de risco também para a hipertensão, doença que caminha lado a lado com o diabetes”, declara o endocrinologista .mulher verificando a pressão - Foto: Getty Images

Não fume

“A nicotina interfere na ação da insulina, elevando os níveis de glicose no sangue”, explica o endocrinologista. Entretanto, os especialistas explicam que fumar somente não está relacionado com um aumento do risco de diabetes.cigarro apagado - Foto: Getty Images

Atenção ao uso de medicamentos corticoides

Os corticoides aumentam sobremaneira a incidência de diabetes. “São remédios no geral usados para situações mais agudas, como asmas, alergias, dores articulares – mas aqueles que ministram esses medicamentos com frequência têm muito mais chances de desenvolver a doença”, explica o endocrinologista.

medicamentos - Foto: Getty Images

Faça o rastreamento

O diagnóstico do diabetes muitas vezes é feito quando médicos diversos, como ginecologistas, solicitam uma bateria de exames. Mas ao invés de depender desses especialistas, que tal definir uma data para realizar seus check-ups médicos anualmente? “Dentre os exames solicitados costuma aparecer o de glicemia de jejum e, caso haja suspeita de diabetes, um teste de hemoglobina glicada”, explica o endocrinologista.Exame de sangue - Foto Getty Images

Contorne o pré-diabetes

Ouvir do médico que você tem pré-diabetes não é sentença, é um alerta. “Ainda é possível reverter casos nesse estágio, desde que o paciente se dedique”, aponta o endocrinologista. Comece a mudança adotando uma dieta equilibrada, se possível orientada por um nutricionista, e estipulando uma rotina de exercícios.homem verificando a glicemia - Foto: Getty Images

Anúncios