200 mil testes para HIV serão disponibilizados em São Paulo

Durante cinco dias, serão disponibilizados cerca de 200 testes gratuitos para HIV em 549 municípios do estado de São Paulo. A ação faz parte da campanha Fique Sabendo, em sua sétima edição, e marca o Dia Mundial de Luta contra a Aids, lembrado nesta segunda-feira (1º). O objetivo é incentivar o diagnóstico precoce da infecção pelo vírus do HIV, causador da aids, e que é sexualmente transmissível. Os interessados devem procurar – a partir de amanhã (1º a 5 de dezembro) – uma das 3,3 mil unidades de saúde que irão dispor do serviço.

Além dos exames rápidos digitais, no qual se coleta uma gota de sangue como material de análise, 217 municípios vão utilizar o teste rápido por fluido oral. O exame por fluido oral detecta a presença de anticorpos e o resultado é obtido em cerca de 30 minutos. Em ambos os casos, é mantida é a privacidade e o sigilo de cada resultado, conforme destacou a Secretaria Estadual de Saúde, que promove o mutirão. Durante a campanha, serão distribuídos também 8 milhões de preservativos masculinos, além de 7 milhões de panfletos e 15 mil cartazes.

Na Baixada Santista, a população também poderá fazer o exame durante toda a semana. Os resultados saem entre 30 e 50 minutos.

Em Santos, fora dos dias e horários da campanha, é possível fazer o teste convencional do HIV, com coleta de sangue, em todas as policlínicas da Cidade. O resultado sai em 10 dias úteis.

Quem perder a campanha e quiser fazer o exame de HIV e sífilis, a orientação é procurar o Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA), que fica na Rua Silva Jardim, 94, Vila Mathias.

Anúncios