Vacina da hepatite B é segura e pode ser tomada até os 49 anos de idade

A hepatite B é uma doença viral transmitida de pessoa para pessoa. Segundo o Ministério da Saúde, no Brasil foram notificados 120.343 casos da doença entre 1999 e 2011. A infecção pelo vírus se dá por meio do ato sexual desprotegido, transfusão de sangue ou contato com agulhas, seringas e outros materiais contaminados, incluindo agulhas para tatuagem, acupuntura, instrumentos dentários, cirúrgicos ou de manicure. O vírus também pode ser transmitido da mãe para o bebê no momento do parto e pela amamentação. O diagnóstico é feito por meio de exame de sangue específico.

As manifestações são variáveis, podendo variar de forma assintomática e com cura espontânea até a hepatite fulminante, com risco de morte. O quadro mais crítico é a cronificação e o desenvolvimento de cirrose hepática e câncer do fígado.

Felizmente, além do tratamento com antivirais, há um mecanismo ainda mais eficiente para o controle da hepatite B, a vacinação.

Vacinação

Ela é segura e eficaz está disponível no Sistema Único de Saúde desde 1989, contemplando grupos de maior risco. Já a recomendação de vacinação para as crianças surgiu em 1998. Em 2011 o Programa Nacional de Imunizações estendeu a faixa etária para vacinação de adultos contra a hepatite B, até que em 2013 foi instituída a vacinação para hepatite para todas pessoas com até 49 anos de idade.

A vacina para hepatite deve ser tomada em três doses. Não há contraindicação, exceto quando há reação alérgica grave a alguma das doses da vacina. Ela é aplicada no músculo deltoide (no braço) em adultos, e na coxa em bebês. O local da aplicação pode ficar um pouco dolorido nos dias seguintes à aplicação, mas não são esperadas outras reações adversas importantes.

Todas as pessoas com até 49 anos devem procurar a unidade básica de saúde mais próxima à sua casa e receber a vacina. A mesma vacina é disponível nas clínicas privadas de imunização.

A doença pode trazer consequências graves e de longo prazo, com risco de desenvolvimento de câncer de fígado. A vacina é segura, eficaz e acessível a todos. Cuide-se!

Anúncios