Complicações no diabete foram a causa da morte do músico B.B. King

B. B. King

O artista americano B.B. King, conhecido como o “rei do blues”, morreu nas primeiras horas desta sexta-feira, dia 15. O guitarrista estava internado desde o começo de abril por causa de uma grave desidratação, uma das complicações comuns no diabete tipo 2—doença com a qual convivia por mais de duas décadas. A falta d’água no organismo ocorre porque o excesso de açúcar no sangue vai embora pela urina e leva consigo uma boa quantidade de líquidos. O diabete, se não controlado corretamente, ainda pode provocar outros problemas, como disfunção erétil, demora na cicatrização de feridas, perda de sensibilidade na pele, insuficiência renal e dor em braços e pernas.

EXAMES COM ATÉ 50% DE DESCONTO COM O CARTÃO FIDELIDADE;

Em muitos casos, a doença é silenciosa e não dá muitos sinais. Exames de sangue, feitos de rotina, ajudam a ver se há alguma alteração na glicose. Os sintomas mais conhecidos são aumento nas visitas ao banheiro para fazer xixi e sede excessiva. Nos casos em que o diabete já está instalado, é essencial consultar o médico, que pode prescrever remédios para controlar o açúcar no sangue. Também é vital monitorar a glicemia com regularidade e adotar um estilo de vida saudável, com a prática de atividade física e alimentação equilibrada.

Anúncios