Estudo americano mostrou que o riso em conjunto é indicador de uma relação prazerosa e duradora

Casal

Casais que riem juntos são mais felizes e têm mais chance de ter uma relação duradoura. É o que diz um estudo publicado recentemente no periódico científico Personal Relationships.

Com o objetivo de descobrir a relação entre riso e amor, Laura Kurtz, uma psicóloga social na Universidade da Carolina do Norte, nos Estados Unidos, e sua equipe fizeram um estudo com 77 casais heterossexuais que estavam em um relacionamento há, em média, quatro anos.

Os pesquisadores gravaram vídeos dos casais relatando como se conheceram, enquanto observavam quantas vezes eles riam espontaneamente (juntos e separados) e a duração desses momentos. Os casais também responderam questionários sobre a proximidade com o cônjuge.

Os resultados mostraram que os casais que riam juntos mais vezes e por mais tempo recebiam as melhores avaliações sobre a qualidade do relacionamento e a proximidade com o parceiro. Por outro lado, risadas embaraçosas ou forçadas indicavam que havia algo errado no relacionamento.

“Em geral, os casais que riem mais juntos tendem a ter relacionamentos mais prazerosos. Podemos nos referir ao riso compartilhado como um indicador de maior qualidade do relacionamento”, disse Laura à revista americana Time.

Em entrevista à Time, uma das pesquisadoras do estudo afirmou ainda que as mulheres riem mais do que os homens, mas o riso deles era mais contagioso.