Nova droga anticâncer pode levar à cura da Aids, diz estudo

Quando uma pessoa é infectada pelo HIV, o tratamento para evitar que o sistema imunológico seja danificado é feito por meio de medicamentos antirretrovirais, que reduzem o vírus presente na corrente sanguínea, porém sem removê-lo definitivamente do organismo. Isso acontece porque o HIV, uma vez dentro do corpo, se esconde em locais que até hoje os cientistas ainda não conseguiram descobrir quais são. Agora, no entanto, um novo remédio contra o câncer parece ter descoberto finalmente onde estão esses ?esconderijos? do vírus causador da Aids.

Segundo um estudo publicado na revista científica PLoS Pathogens, pesquisadores da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, estudaram o PEP005, que é um dos “ingredientes” usados no tratamento contra o câncer, em uma pele que foi danificada pela ação de raios solares. Em seguida, eles testaram a nova droga em células criadas em laboratório e em anticorpos extraídos de 13 pessoas que vivem com o HIV.

CONVERSE COM SEU MÉDICO,REALIZA OS EXAMES DE ROTINA;

Os resultados iniciais obtidos mostraram que este medicamento anticâncer seria capaz de reativar o HIV latente, possibilitando, assim, o desenvolvimento de técnicas capazes de eliminá-lo definitivamente do corpo humano. No entanto, ainda são necessários novos testes para saber se é seguro usar o novo remédio em pacientes soropositivos.