Confira 4 sintomas pouco comuns de Hipotireoidismo

Caso identifique gânglios nessa região, procure o seu médico imediatamente - mesmo que não sinta dor. Eles podem indicar infecção viral, tuberculose ou até um linfoma

Pequenina, mas muito importante: a tireoide é uma glândula do sistema endócrino e está localizada na região anterior do pescoço, ao redor da traqueia. Seu tamanho médio é de 15 ml (o que dá menos da metade de um copinho de café, daqueles descartáveis), e seu formato é semelhante ao de uma borboleta.

CONVERSE COM SEU MÉDICO,REALIZE EXAMES DE ROTINA.

Muitos dos sintomas de hipotireoidismo já são bem conhecidos por todas nós, como cansaço fora do normal, sonolência, mudanças de humor, raciocínio lento, dificuldade de perda de peso, além de cabelos e unhas quebradiças. Porém, existem outros sintomas menos conhecidos, que também indicam que algo vai mal com a tireoide:

Colesterol alto

Você sabia que o hipotireoidismo pode causar aumento do nível do colesterol ruim, o LDL? Sim, isso acontece porque os hormônios da tireoide regulam o metabolismo das gorduras, fazendo o fígado absorver o colesterol ruim e assim, reduzir os níveis dele no sangue. Quando a pessoa tem dificuldade de produzir este hormônio, porque tem hipotireoidismo, muitas vezes os níveis de LDL aumentam no sangue. Uma opção nestes casos é o tratamento da tireoide com a reposição correta do hormônio tireoidiano e uma dieta pobre em gorduras, principalmente as saturadas. Nem sempre é necessário usar medicações para baixar o colesterol nestes casos, a não ser que os níveis de LDL estejam muito altos.

Intestino preso

Geralmente atribuímos o intestino mais lento aos nossos hábitos alimentares, o que de fato acontece por conta da baixa ingestão de fibras. No entanto, se depois de colocarmos tudo em ordem na dieta, o intestino continuar devagar, vale a pena dar uma checada nos níveis hormonais tireoidianos.

Anemia

Sim, anemia, por mais estranho que possa parecer. O próprio hipotireoidismo pode causar anemia em alguns pacientes e pode ser facilmente tratada com  a reposição do hormônio da tireoide.

Alterações menstruais

Seu ciclo menstrual está irregular? Saiba que o hipotireoidismo pode afetar a produção de um hormônio chamado prolactina, que junto com o estradiol e a progesterona, podem alterar a ovulação e acarretar mudanças no fluxo menstrual.

O hipotireoidismo é quatro vezes mais comum em mulheres do que em homens. Por ser uma doença em que os sintomas são pouco específicos, somente uma avaliação médica poderá comprovar realmente se há algum problema. Mas fica a dica: preste sempre atenção no seu corpo e tire TO-DAS as suas dúvidas com um médico.