Dieta Mediterrânea pode prevenir câncer de mama, diz estudo

A dieta mediterrânea, aquela à base de vegetais, peixe, azeite, castanhas, frutas e vinho tinto (só uma taça por dia!), é famosa por fazer bem ao coração. E os benefícios não param por aí. Agora, um estudo da Universidade de Navarra, na Espanha, revela que seguir a dieta acrescentando 4 colheres de sopa e azeite extravirgem por dia ajuda a reduz o risco de desenvolver câncer de mama.

A pesquisa foi realizada com 4 mil mulheres brancas, com idades entre 60 e 80 anos, que tiveram duas opções: seguir a dieta mediterrânea com doses extras de azeite ou apostar em uma dieta com baixo teor de gordura. Os pesquisadores descobriram que as mulheres que seguem a Dieta Mediterrânica tiveram um risco 68% menor de desenvolver câncer de mama durante cinco anos, período de acompanhamento, em comparação com as mulheres que seguiram a dieta com pouca gordura.

O grande questionamento, segundo os pesquisadores, é identificar qual composto (ou compostos) da dieta que poderia ser mais benéfico para a prevenção da doença. O que já se sabe, por enquanto, é que consumir mais azeite extravirgem previne o aparecimento do câncer de mama.

Sobre o azeite

Fonte de ácidos graxos monoinsaturados (gordura boa), sacia, desinflama as células e reforça as defesas do nosso organismo.