Bebês: pasta com flúor ou sem, eis a questão

Entre em uma roda de mães. Pergunte sobre como escovam os dentes de seus filhos. Uma vai responder que usa creme dental com flúor, outra diz que o odontopediatra mandou comprar sem flúor e há aquelas que já experimentaram as de adulto e tiveram um ótimo resultado. Para acabar de vez com a dúvida,veja quais as opiniões delas e converse com o odontopediatra de seu filho.
Bebê deve usar creme dental com flúor?
Atualmente existe um consenso mundial em todas as associações odontológicas internacionais e nacionais*, de que os bebês devem utilizar creme dental com flúor, em concentrações de no mínimo 1000 ppm (partes por milhão), em pequena quantidade.

O bebê pode fazer uso de creme dental com flúor, desde que a quantidade a ser colocada na escova seja do tamanho de um “grão de arroz crú”.
Quais os benefícios do flúor para bebês?
O flúor inibe a formação das lesões de cárie por reduzir a perda mineral do dente e ativar ganho mineral por meio da formação de uma camada protetora (fluoreto de cálcio). Essa camada é perdida a cada ingestão de alimentos ou bebidas, por isso deve ser constantemente reposta com escovação dental regular com creme dental fluoretado para que tenham uma proteção contra as cáries dentais na fase em que mais necessitam, pois ingerem leite e demais alimentos e bebidas em alta frequência.

O flúor evita ou diminui a perda de minerais dos dentes, que nada mais é do que a cárie dentária. Ele atua como um dos fatores importantes para a prevenção da cárie na dentição de leite e na permanente.
A partir de que idade os bebês podem usar pasta com flúor?
A partir do nascimento (erupção) do primeiro dente. A partir do nascimento do segundo dente já devem utilizar o fio dental. A escovação e uso do fio dental em bebês devem ser realizadas pela mãe 2 vezes ao dia.

Após a erupção dos primeiros dentes, por volta dos 7 a 8 meses de idade, a limpeza dos dentes do bebê deverá ser realizada todos os dias, principalmente à noite antes de o bebê dormir. Desta idade até por volta de 1 ano, os dentes do bebê poderão ser limpos com uma gaze umedecida em água filtrada, enrolada no dedo indicador esfregando todas as superfícies dos dentes. Quando os primeiros dentes do fundo nascerem, entre 1 e 1 ano e 6 meses de idade, a escova poderá passar a ser usada com o creme dental da preferência da família.

Quais os receios das mães em relação ao flúor?
A maioria das mães acha que o uso de flúor pode causar fluorose dental (manchas em formas de estrias brancas que afetam quase todos os dentes em formação). No entanto, o problema é causado pela ingestão excessiva de fluoretos por bebês e crianças de até 7-8 anos de idade. Se o fluoreto for utilizado em pequena quantidade não existe nenhum risco para os bebês.

O receio é sobre a toxicidade do flúor, mas se a quantidade usada for controlada e a escovação for supervisionada por um adulto, não há motivos para se preocupar.
Tem perigo de a criança engolir a pasta?
Andiara: dependendo da quantidade de creme dental que a criança engolir podem ocorrer efeitos indesejados, como o aparecimento de fluorose dental. Até 5 anos de idade as crianças não possuem reflexo motor adequado para cuspir e podem engolir cerca de 30% do creme dental utilizado. No entanto, se restringir a quantidade de creme dental utilizado em cada escovação, essa pequena quantidade não apresenta risco.

Sim, por isto a limitação da quantidade a ser colocada na escova é importante, assim como a supervisão de um adulto.

Quais cuidados ao escolher o creme dental da criança?
Deve-se ler nas especificações dos cremes dentais infantis se estes apresentam teor de flúor convencional (mínimo 1000 ppm) pois existem também cremes dentais sem fluoreto e cremes dentais com teor reduzido de fluoreto (500-550 ppm) que não oferecem proteção eficaz contra a doença cárie.

Dar preferência aos destinados a bebês, sempre que possível. Existem hoje no mercado brasileiro, várias opções com formulações seguras para o uso em bebês.

Bebês e crianças podem usar creme dental de adulto?
Andiara: não apenas podem como devem, mas em quantidade mínima, de acordo com a idade. No entanto, deve-se ter cuidado pois alguns cremes dentais de adultos são muito abrasivos (irritantes) e podem causar ardor e descamação das mucosas. Embora algumas mães prefiram cremes dentais infantis coloridos e saborosos, a criança pode se sentir motivada a comer a pasta de dente.

Sim, desde que a quantidade a ser colocada na escova seja do tamanho de um grão de arroz cru.