Jovem é diagnosticada com hepatite após consumir muito chá verde

O chá verde, uma das bebidas mais comentadas do momento, desintoxica,desincha, acelera o metabolismo e queima gordura, mas pode ser tóxico para o seu fígado. Este foi o caso de uma adolescente de 16 anos, que acabou hospitalizada, no Reino Unido, após consumir um chá verde chinês em excesso, que ela comprou online – como parte de um programa de emagrecimento.chá verde

Depois de ingerir cerca de três xícaras da bebida por dia, durante três meses, a jovem começou a sentir tontura e dor de estômago. A princípio, ela foi diagnosticada com infecção urinária, porém, após várias doses de antibióticos e até o aparecimento de mais sintomas (ela começou a mostrar sinais de icterícia – quando a pele fica amarela), a garota foi enviada para o hospital, onde médicos descobriram que ela estava com um tipo de hepatite que é induzida pela erva.

Esse tipo de lesão hepática, chamada hepatotoxicidade, pode ocorrer quando o excesso de ervas, suplementos ou até mesmo medicamentos, como o paracetamol, impedem que o fígado faça o seu trabalho de eliminar as toxinas do organismo. No caso da jovem, os testes realizados com o produto ainda levantam a suspeita de que havia uma porcentagem de pesticidas misturada ao conteúdo. A garota ficou totalmente recuperada, mas esse tipo de situação serve como um alerta, uma vez que a maioria dos remédios comercializados na internet – e de maneira ilegal – não é fiscalizada pelos órgãos responsáveis.

REALIZE UM EXAME COM O CARTÃO FIDELIDADE E GANHE 50% DE DESCONTO;

Para diminuir o risco de intoxicação,o recomendado é mudar o tipo de chá consumido a cada trinta dias ou no máximo dois meses. Assim, você utiliza um fotoquímico diferente e o organismo recebe estímulos de destoxificação variados. Para acertar na dose, cada xícara de chá (300 ml) deve conter, no máximo, 1 colher de sopa de erva.

E para fazer uma compra sem riscos, o expert dá a dica: Prefira os chás orgânicos, comercializados em supermercados e loja naturais. Eles são certificados, registrados junto à Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e têm o processo de produção controlado. Ou você pode cultivar a sua erva em casa. O chá verde não é o único poderoso, outras plantas medicinais também podem ajudar a sua dieta, como por exemplo, a hortelã e a erva-cidreira.