7 cuidados que um diabético precisa ter com o esporte

Um estudo da American College of Sports Medicine, maior organização de medicina esportiva do mundo, com pessoas sedentárias há pelo menos dois anos, concluiu que a prática de corrida de alta intensidade, por 20 minutos, três vezes por semana, pode combater o diabetes tipo 2. O exercício, feito de forma regular, ajuda a manter os níveis de açúcar no sangue estáveis, além de reduzir o risco de danos nos vasos sanguíneos e contribuir para o bem-estar do diabético. Porém, cada pessoa reage de uma maneira durante a atividade. Você precisa entender o nível de glicose no sangue e saber controlar durante o esporte, prevenindo a hipo ou hiperglicemia.Diabetes

CONVERSE COM SEU MÉDICO,REALIZE UM CHECK UP COMPLETO NA CELLULA MATER.

Se você é diabético, confira sete dicas para treinar com mais segurança:

1. Esteja preparado: a quantidade de glicose no sangue pode aumentar ou diminuir durante o exercício físico. Então, a alimentação ou a insulina (para aqueles que necessitam desse tipo de tratamento) são fundamentais para bom andamento da atividade.

2. Converse com seu médico: exercícios de alto impacto devem ser validados pelo profissional que acompanha você. Ao tomar a decisão de praticar um esporte, o especialista poderá orientar você sobre a melhor forma de controlar o nível de glicose no sangue, bem como recomendar a frequência da atividade.

3. Confira sua glicose: a intensidade, duração e tempo dos exercícios podem alterar o nível de glicose no sangue. Portanto, é importante fazer a medicação antes, durante e depois da atividade.

4. Faça valer a pena: existem diversas maneiras de ser ativo, seja por meio de esportes, caminhada, dança ou até mesmo em pequenas atitudes, como substituir o elevador pelas escadas. A dica é encontrar algo que dê prazer e que seja viável incluir na rotina.

5. Comece devagar: exercite-se em um nível que seja confortável para você. Comece devagar e seja consistente. Isso vai ajudar a evitar dores e lesões.

6. Alimente-se bem: coma diversas verduras e vegetais. Diminua o consumo de gordura saturada e de açúcar e opte pelos integrais em vez dos carboidratos refinados. O seu médico também poderá ajudar a criar um plano de dieta de acordo com as suas necessidades.

7. Mantenha a hidratação: beba muita água antes, durante e depois do exercício para ajudar na hidratação do corpo.