9 alimentos que não podem faltar no prato do seu filho

Por que ele come mais com a babá?

Já adiantamos: frutas e vegetais lideram o ranking de alimentos listados por nutricionistas como essenciais no prato de toda criança. Confira a lista e vá às compras!
1. Morangos

Morangos são ricos em vitamina C, um antioxidante poderoso que ajuda na cicatrização. A vitamina C também tem um papel importante no auxílio a absorção do ferro. O consumo da versão in natura da fruta deve ser estimulado, mas não é a única maneira de oferecê-la às crianças. O morango pode ser colocado em saladas, molhos para carnes e sobremesas leves.

2. Couve-flor

A couve-flor também merece atenção especial dos pais na hora de montar o cardápio das crianças por ser grande fonte de vitamina K. Ela é essencial no processo de combate do organismo a hemorragias.  Para incentivar o consumo da couve-flor, a melhor alternativa é explorar a forma do vegetal em saladas que possam ser consumidas com as mãos. Versátil, ela pode também servir como ingrediente principal de assados, cozidos, massas e até como substituta para a batata em purês.

3. As batatas doces

As batatas doces são uma valiosa fonte de betacaroteno.  Uma vez ingerido, o betacaroteno pode ser convertido em vitamina A (retinol) ou agir como um antioxidante para ajudar a proteger as células dos efeitos nocivos dos radicais livres.  A vitamina A é importante para a imunidade, visão e saúde da pele. O melhor é que o sabor adocicado da batata doce normalmente agrada as crianças na primeira tentativa. Aposte nesse ingrediente em purês, cremes, sopas, ensopados e até em sobremesas.

4. Ovos

Muitos pais torcem o nariz quando o assunto é servir ovo às crianças, mas é hora de combater os preconceitos. Os ovos são um grande exemplo de uma proteína completa de alta qualidade. E ainda têm como trunfo a praticidade no preparo. Cozidos ou assados, eles podem ser servidos com uma saladinha de folhas ou um mix de legumes.

5. Amêndoas

As amêndoas contêm gorduras monoinsaturadas (do tipo saudável!). Elas também são uma boa fonte de vitamina E, proteína e fibra. Estudos mostram que o consumo de fibras pode ajudar a prevenir inúmeras doenças – entre elas a obesidade infantil. No dia a dia, elas podem ser oferecidas como lanches entre as refeições. E ainda dão aquele toque crocante a saladas, iogurtes e legumes cozidos.

6. Grão de bico

O grão de bico é uma importante fonte de proteínas, fibras e ferro. Eles também são naturalmente pobres em gordura saturada. A maioria das crianças gosta de mergulhar pedaços de pão sírio no húmus, uma pasta de grão de bico muito utilizada na culinária árabe. Deixe-os comer usando as mãos, para explorar o sabor e a textura do prato. O grão também pode ser adicionado a saladas, sopas, guisados e assados.

7. Abacates

A gordura monoinsaturada no abacate tem sido apontada por especialistas como benéfica para a saúde cardiovascular. Ele também é um ingrediente versátil. Em cremes (doces e salgados) ele dá sabor e cremosidade.

8. Aveia
A aveia é um cereal integral que dá às crianças mais energia, além de ajudar a regular os níveis de colesterol e de açúcar no sangue. Estudos mostram que crianças que consomem farinha de aveia são menos propensos a se tornarem adultos obesos.

9. Iogurte grego

O iogurte, especialmente iogurte grego, é uma grande fonte de cálcio e proteína. O cálcio é importante para a saúde dos ossos e também pode ajudar as crianças a crescerem mais. Adicione frutas ou castanhas.

Anúncios