Dormir somente 6 horas por noite é tão ruim quanto não dormir nada, diz estudo

Você já leu aqui no site ou na revista, que não dormir o suficiente é prejudicial tanto para a sua saúde quanto para a sua produtividade. O que ninguém sabia, porém, é que dormir somente seis horas por noite é tão ruim quanto ficar sem dormir. Nesse caso, uma horinha faz toda a diferença no seu desempenho, de acordo com o estudo sobre privação do sono, publicado na revista SLEEP.audrey hepburn dormindo

A pesquisa avaliou 48 adultos e restringiu o sono dos participantes durante duas semanas (até um máximo de quatro, seis ou oito horas por noite). Outro subconjunto foi privado de sono por três dias seguidos. Durante o experimento, os voluntários foram testados a cada duas horas (desempenho cognitivo e tempo de reação). Eles também responderam a perguntas sobre humor e como estavam se sentindo sobre a falta de sono.

Como você pode imaginar, quem conseguiu descansar oito horas por noite, teve o melhor desempenho, em média. Os indivíduos que dormiram apenas quatro horas por noite tiveram resultados piores a cada dia. O grupo com seis horas conseguiu manter os resultados por um tempo. Alguns dias depois (quase no fim da pesquisa) eles apresentaram resultados tão ruins quanto aqueles que tiveram quatro horas de sono. Resultado: seis horas de descanso é pior do que ficar dois dias sem dormir.

Pensando nisso, selecionamos algumas dicas importantes pra você, enfim, dormir melhor:

  • Deixe o quarto totalmente escuro (sem luz indireta da TV, do celular e do computador) para estimular a secreção da melatonina, o hormônio do sono. A temperatura ambiente também deve estar agradável e as roupas adequadas para que você não sinta frio ou calor.
  • Crie uma rotina de relaxamento antes de ir para a cama. O que funciona: banho quente, meditação, música suave, leitura e pensamentos agradáveis (mentalize um cenário paradisíaco, um encontro romântico e o que mais lhe der prazer para liberar a relaxante serotonina).
  • Jante três horas antes de deitar, evitando comidas calóricas. Assim, a digestão fica mais fácil.
  • Fumo, café e álcool são estimulantes do sistema nervoso central. Abstenha-se pelo menos três horas antes de ir para a cama.
  • Beba água para não ter sede no meio da noite, mas em pequena quantidade. Do contrário, terá de interromper o sono para ir ao banheiro.
  • Não faça atividade física no final da tarde. Para chamar o sono, o corpo precisa esfriar.
  • Faça sexo. Esse é o único exercício liberado imediatamente antes da hora de dormir. O orgasmo também produz endorfinas e induz o sono.
  • Não use medicamentos contra insônia sem indicação médica. Eles podem ter efeito bumerangue e piorar a qualidade do sono. No dia seguinte, você terá a sensação de uma leve embriaguez, correndo o risco de acidentes.