No Dia Mundial do Café, desvendamos mitos sobre o grão

Nesta quinta-feira, 14, é comemorado o Dia Mundial do Café. Por conta da data, vamos desvendar mitos e verdades sobre o grão

Para quem não dispensa um cafezinho, um alerta:A dose ideal é de 400mg por dia, o que corresponde a três xícaras de café. Quando passa disso, o café acidifica o pH sanguíneo.

Sem açúcar, é claro, o café não engorda. Mas pode dar fome em alguns.Ele é estimulante do sistema nervoso central, mas algumas pessoas têm mais sensibilidade à cafeína e por isso pode provocar mais apetite em algumas, além de agitação. Mas há também quem precise do café para acelerar o metabolismo. Isso depende da genética, e só exames podem detectar. Para quem é mais sensível, melhor não tomar depois das 16h, avisa ela, para evitar insônia. Também é contraindicado quando a pessoa já é muito nervosa, agitada, e tem pressão alta.

Café (Foto: Reprodução/Instagram)

Mais recentemente, virou moda entre famosas como Bruna Marquezine e Fernanda Souza misturar o café com óleo de coco.

Existem estudos que isso pode realmente ajudar na produção de hormônios que vão dar saciedade e estimular o metabolismo, principalmente a gordura presente no óleo de coco. Uma colher de sopa do óleo promove energia, aumento do metabolismo basal e consequentemente o emagrecimento, porque aumenta a termogênese pelo beneficio do óleo de coco.

Anúncios