Alzheimer afeta até o paladar

Alzheimer afeta até o paladar

Indivíduos com esse tipo de demência costumam perder peso. Mas qual a razão disso? Estudiosos da Universidade de São Paulo, em Ribeirão Preto, apostaram na ideia de que o emagrecimento seria acelerado por disfunções no paladar capazes de tirar o prazer de uma refeição. Eles então recrutaram 130 voluntários — uma parcela com a enfermidade e outra sem quaisquer problemas. Todos experimentaram tiras alimentícias (uma espécie de papel com sabores diversos). Ao final do teste, 26% dos sujeitos com o quadro moderado não sentiram o gosto direito, ante 3% dos que possuíam o cérebro intacto:

“A AVALIAÇÃO DA SENSIBILIDADE GUSTATIVA É SIMPLES E PODE AUXILIAR NO DIAGNÓSTICO DO ALZHEIMER”

Isso é normal?

É natural que, com o avançar dos anos, nossos sensores do paladar não trabalhem como antigamente. Remédios e doenças como hipertensão e diabete ainda contribuem para isso. Porém, se a alteração nos sabores for brusca, procure um médico.