Saiba o que pode causar a vermelhidão no rosto

Fisiogel

Quando a barreira hidrolipídica, responsável por proteger a pele, está comprometida, ficamos vulneráveis às agressões do ambiente. Em algumas pessoas, essa sensibilização pode causar o aparecimento de vermelhidão excessiva, principalmente na região da testa, do nariz, das bochechas e do pescoço. Há diversos sinais de que você pode estar com esse problema:

1. Você fica frequentemente ruborizada
Ficar levemente corada depois de um elogio ou em uma situação estressante é uma reação normal do corpo, provocada pelo maior fluxo de sangue no rosto, pescoço e colo. Se os episódios forem frequentes, no entanto, os vasos sanguíneos acabam danificados – e aí a vermelhidão pode se tornar permanente.

2. Você já tem pele sensível
Esse tipo de pele reage de forma mais intensa aos fatores externos, e os fatores desencadeantes variam de pessoa para pessoa. A vermelhidão excessiva é comum em peles sensíveis influenciadas por problemas hormonais, estresse, oscilações de temperatura, poluição e contato com agentes químicos.

3. Você sofre de alergias
Poeira, substâncias químicas, metais e até intolerância a certos alimentos podem causar uma reação no organismo que, entre outras coisas, provoca a vermelhidão facial.

Cuidando da pele sensível

A vermelhidão do rosto pode ser um sinal de que a sua pele é sensível e, portanto, precisa de cuidados especiais – e um reforço na hidratação diária pode ajudar você a melhorar esse quadro. Para ajudar nessa tarefa, a Stiefel criou a linha Fisiogel®, com cremes hidratantes e restauradores recomendados por dermatologistas em todo o mundo. Disponíveis nas versões A.I. Ação Calmante e Terapia de Hidratação Diária, os produtos têm a tecnologia BioMimic, que age naturalmente para restaurar a barreira hidrolipídica da pele seca e sensível, deixando-a mais hidratada e saudável. Para saber mais sobre esses cuidados, acesse o site ou procure pela hashtag #EscuteSuaPele.