Pesquisa estabelece ligação entre câncer de mama e obesidade

Como controlar o peso no Inverno

Perder peso no inverno não é tarefa fácil. Além do frio, que desestimula a prática de exercícios, a estação vem sempre recheada de muita comilança. 
Apesar de todas as dificuldades, o inverno é a melhor época para começar a se dedicar a perder peso. 
Além de garantir um espaço de tempo ideal para quem quer estar com um corpo bonito no verão, durante o inverno a taxa metabólica de repouso, ou seja, o gasto de calorias parado é maior. Isso porque com o frio o metabolismo fica mais acelerado para produzir calor. Infelizmente este aumento do gasto energético provoca mais fome também. 
Os alimentos mais perigosos durante o inverno são sopas, fondue, chocolate quente, cappuccino e as bebidas alcoólicas que tomamos para aquecer o corpo. 
fc764-alimentos11
Dicas para perder peso no inverno:
  •  Quando o cardápio for sopa, adicione sempre uma proteína, pode ser músculo, peixe, frango, cogumelos ou queijos magros como o cottage. Utilize também hortaliças, como alho poró, couve, espinafre e etc, menos batata. Evitar também sopas com macarrão, carnes salgadas e gordas (costela ou linguiça), creme de leite e queijos.
  • Para não aumentar a ingestão calórica a primeira dica é fracionar bastante a dieta, o ideal é fazer 5 ou 6 refeições ao dia. 
  • Com o frio a sede diminui, mas é importante manter os níveis de hidratação. A água ajuda eleva o giro do metabolismo e ajuda a perder peso no inverno.Ingerir no mínimo 2 litros de água por dia
  • Quando a vontade de comer chocolate for incontrolável, tente escolher versões com mais de 50% de cacau, Quanto mais amargo o chocolate, ou seja, quanto maior a porcentagem de cacau, maiores os benefícios nutricionais. O chocolate ao leite traz em sua composição mais gordura saturada e açúcar, ficando com apenas 16% de cacau. Já o chocolate acima de 50% de cacau, tem menos açúcares e gorduras saturadas, fatores de risco para obesidade e doenças cardiovasculares.
  • Prefira os alimentos integrais (pães, farelos, farinhas, cereais e biscoitos) pois eles proporcionam maior saciedade e maior quantidade de fibras
  • O inverno também nos tira a vontade de comer hortaliças cruas, por isso sugere-se preparar hortifrutis assados, refogados, grelhados, em forma de purê ou adicioná-los às sopas. 
  • Cuidados com suflês e cremes (milho, espinafre). Se for fazer algum desses pratos substitua o creme de leite por requeijão light, cottage, iogurte desnatado ou creme de ricota. 
  • Quando o cardápio for sopa, adicione sempre uma proteína, pode ser músculo, peixe, frango, cogumelos ou queijos magros como o cottage. Utilize também hortaliças, como alho poró, couve, espinafre e etc, menos batata. Evite também sopas com macarrão, carnes salgadas e gordas (costela ou linguiça), creme de leite e queijos. 

E claro, não deixe de praticar exercícios físicos. Lojas de esportes disponibilizam casacos térmicos para esquentar o corpo ao mesmo tempo em que permitem a troca de calor com o ambiente.

Outro fator que aumenta o metabolismo é a quantidade de massa magra. Por isso, continue dando atenção à musculação. Quanto maior a massa muscular, mais acelerado o metabolismo e maior o gasto energético em repouso. Por último, lembre-se que existem diversos tipos de exercício físico, escolha o mais estimulante para você.
Daniela Nascimento
Nutricionista
CRN 18614
Em Quinta-feira, 9 de Junho de 2016