obesidade infantil

Quais são as causas da obesidade infantil

Segundo os especialistas do tema, as mudanças alimentares e as novas formas de vida são as principais desencadeantes do aumento da obesidade. Ou seja, os critérios alimentares e a correria cotidiana dos pais são alguns dos fatores que contribuem para que as crianças apresentem sobrepeso.

obesidade-infantil

Muitos pais que têm que dividir-se em muitas tarefas, no trabalho e em casa, é mais fácil para eles oferecerem uma comida mais rápida aos seus filhos. Começam com os bolos industrializados, os nuggets, e terminam com balinhas e coisinhas do estilo. E isso dia após dia, acabando por converter-se num hábito e em um mal costume de consumir toda uma parafernália de comidas atrativas pelo seu aspecto, mas não contêm os nutrientes nem as vitaminas necessárias para que as crianças cresçam fortes e saudáveis. Para esses pais, normalmente os que nunca têm tempo, o mais importante é saciar a fome dos seus filhos, sem se preocuparem se estão ou não comprometendo o futuro de sua saúde.

FAÇA EXAMES DE SANGUE E URINA REGULARMENTE. CONSULTE SEMPRE SEU MÉDICO

Os pais, do mesmo modo que muitos avós, também pecam com a preocupação exagerada pela quantidade de comida que consomem as crianças. Oferecem-lhes uns menús sem considerar os controles quanto a gorduras, açúcares e outros componentes que só engordam.  Existem mais informações sobre o tema, mas os hábitos seguem mudando para pior. O ideal, segundo especialistas, é que uma criança consuma umas duas mil calorias diárias, e que metade delas, seja coberta pelos hidratos de carbono, um terço pelas gorduras e o resto proteínas. Mas, em lugar de comer pão, arroz ou legumes, as crianças estão comendo doces, refrescos e guloseimas.

obesidade_infantil-3

Sedentarismo infantil

Além do consumo de alimentos com alto conteúdo de gorduras e açúcares, o sedentarismo de muitas crianças as fazem mais obesas. Praticar uma atividade física é essencial para seu crescimento e sua saúde. O estilo de vida que levam as crianças também mudaram muito. A maioria das atividades (com raras exceções) que realizam, concentram-se em torno da televisão, computador e vídeo games. Muitas famílias, pela falta de tempo ou por comodidade, acabam deixando as crianças em frente da televisão todo um período, em lugar de levá-los ao parque ou qualquer outra atividade que os favoreçam mais. As brincadeiras ao ar livre, as excursões, os esportes, etc., são cada dia substituídos por atividades sedentárias. Segundo as últimas pesquisas, as crianças espanholas passam em média de 2 horas e meia vendo a televisão e meia hora a mais jogando aos vídeo games ou conectados à rede.

MANTER UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL É ESSENCIAL PARA EVITAR DOENÇAS NO FUTURO

cafe-manha-infantil

Outros fatores

Existem, além do mal hábito alimentar e a falta de atividade física, que são os que encabeçam os motivos pelos que a sociedade tenha sobrepeso, outros fatores que determinam a obesidade infantil. Pode haver influências sociais, fisiológicas, metabólicas e genéticas. Uma criança com pais obesos, por exemplo, estará predisposta a ser obesa também, seja por uma questão social, de mal hábito alimentar, ou pela genética. Também pode apresentar obesidade em caso da criança sofrer algum transtorno psicológico.