PRÁTICA DE EXERCÍCIOS NO INVERNO REQUER CUIDADOS ESPECIAIS

Quem sofre de problemas no coração ou pressão alta precisa de cuidados especiais para a prática de atividades físicas, e a cautela deve ser ainda maior em épocas frias. Nos dias frios, os vasos sanguíneos tendem a ficar naturalmente mais contraídos, o que compromete a circulação. Assim, o sangue oxigenado tem dificuldade de chegar ao coração, fazendo com que o músculo cardíaco precise trabalhar mais para cumprir sua função de maneira adequada. Com vasos mais estreitos, aumenta também a pressão arterial, sobrecarregando ainda mais o músculo cardíaco.

Veja aqui algumas dicas que a presidente do Departamento de Educação Física da SOCESP (Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo), Denise de Oliveira Alonso, propõe para a prática segura de exercícios em épocas de temperaturas mais baixas:

– Se você costuma fazer atividades físicas ao ar livre, tente realizá-las em um ambiente fechado quando estiver muito frio. Cardiopatas e hipertensos que caminham ou andam de bicicleta, por exemplo, devem abrir mão das paisagens e optar pela esteira e bicicleta ergométrica.

 2 – Aquecer o corpo é importante antes de começar qualquer exercício, principalmente no inverno. “Inicie a atividade de maneira gradual, em um ritmo leve, para preparar a musculatura e as articulações, que ficam enrijecidas sob temperaturas baixas. Se for fazer caminhada, comece com passos curtos e, além das pernas, mexa bastante as mãos e os braços. Cerca de cinco a dez minutos  de aquecimento são suficientes”.

– Vista mais roupas, mesmo que você perca um pouco da mobilidade, pois manter o corpo aquecido é mais importante. “À medida que você for sentindo calor, pode ir tirando algumas peças. Se estiver em ambiente frio, entretanto, é importante manter-se agasalhado”.

REALIZAMOS COLETA DE EXAMES DE SANGUE EM DOMICÍLIO

 4 – As extremidades costumam ser mais afetadas pelo frio, mas a contração dos vasos acomete não apenas artérias periféricas. As coronárias também podem sofrer alterações, por isso é importante dobrar a atenção com a frequência cardíaca durante a atividade e interromper o exercício se os batimentos ficarem muito acelerados.

 5 – Idosos e indivíduos com algum tipo de problema cardíaco podem se beneficiar de exercícios dentro de casa, subindo e descendo escadas, por exemplo. Prefira realizar a atividade nas horas mais quentes do dia, como no final da manhã ou início da tarde.

 6 –  É importante fazer um check-up cardiológico antes de iniciar qualquer atividade física, mas como geralmente não pedimos orientações específicas para épocas frias, vale a pena consultar um médico e garantir sua segurança.

 

Anúncios